1. Início
  2. Cultura
  3. Dia da Cidade recebe inauguração de Obras de Conservação e Restauro do Património da Igreja de São Vicente

Dia da Cidade recebe inauguração de Obras de Conservação e Restauro do Património da Igreja de São Vicente

No dia em que Abrantes celebrou os seus 105 anos de elevação a Cidade, a 14 de junho, foram inauguradas as obras de Conservação e Restauro do Património da Igreja de São Vicente

Considerado um “trabalho de relojoaria”, nas palavras do responsável da NC Restauro, Nuno Proença, as obras de Conservação e Restauro do Património Integrado da Igreja de São Vicente, monumento nacional, pretenderam “salvaguardar, valorizar e divulgar o nosso património cultural arquitetónico e religioso que nos permitirá de forma efetiva preservarmos o passado, projetando o futuro da nossa cidade, nomeadamente, através do desenvolvimento turístico no nosso território”, salientou o Presidente da Câmara Municipal de Abrantes, Manuel Jorge Valamatos, durante a cerimónia de inauguração que decorreu no interior do templo e contou com dois momentos musicais por Ana Elias, nos órgãos existentes na Igreja.

As obras de intervenção na Igreja de São Vicente, em Abrantes, realizaram-se no âmbito de uma parceria entre a Câmara Municipal de Abrantes e a Direção-Geral do Património Cultural (DGPC) e também com a Diocese de Portalegre-Castelo Branco e contou com o apoio do Programa Operacional do Centro. O investimento total, que incluiu a beneficiação exterior (2018), a conservação e restauro dos dois altares laterais do lado do Evangelho e ainda a conservação de cinco esculturas da Igreja, foi de 441.358,94€. Foi financiado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) em 375.155,10€, através da candidatura aprovada ao Programa Operacional Regional do Centro 2020, tendo a autarquia de Abrantes e a DGPC assumido a componente nacional no valor igual de 33.101,92€, cada uma.Presente na cerimónia de inauguração das obras da Igreja de S. Vicente, em representação do Bispo D. Antonino Dias, esteve o Cónego Emanuel Matos Silva, Vigário Episcopal, que agradeceu a intervenção no espaço. Por sua vez, António Castanheira, pároco da Igreja de São Vicente, destacou a importância deste espaço para além do culto, também como elemento cultural, salientando a disponibilidade em alargar essa abertura do templo para ser visitado por todos e agradeceu “o cuidado que tiveram com esta Igreja que é de todos nós”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Fill out this field
Fill out this field
Por favor insira um endereço de email válido.
You need to agree with the terms to proceed

Categoria(s):
CulturaDESTAQUE
Menu