1. Início
  2. Cultura
  3. Aprovado projeto de remodelação e amplicação do Cineteatro São Pedro

Aprovado projeto de remodelação e amplicação do Cineteatro São Pedro

O projeto de execução relativo à empreitada de Restauro, Reabilitação, Remodelação e Ampliação do edifício do Cineteatro São Pedro, com preço base fixado em 1.800.000,00€, foi aprovado em reunião de Câmara extraordinária de 27 de abril.

O Presidente da Câmara garantiu que o concurso público para adjudicação da empreitada, com prazo estimado para a realização de 540 dias, «é para ser lançado de imediato, após o processo estar concluído até 30 de abril, porque precisamos urgentemente desta sala de espetáculos para ser um polo central de cultura na região”, ficando também com condições reunidas para candidatar a obra a comparticipação financeira por fundos comunitários, no âmbito da CCDR Centro.

Manuel Jorge Valamatos vincou o facto de ter tomado o dossiê do Cineteatro como prioritário, «Este Executivo conseguiu fechar um acordo com as Iniciativas de Abrantes, passando o histórico edifício para a posse do Município pelo que, neste momento, o Cineteatro é dos abrantinos, permitindo dar resposta de forma eficaz a um problema», sublinhou.

O edifício carece de uma profunda intervenção, resultado da degradação em que se encontra atualmente o espaço. A obra inclui uma ampliação em terreno contíguo, de modo a garantir uma melhor acessibilidade ao edifício, nomeadamente, para cargas e descargas, mais uma saída de emergência e um novo espaço para eventos exteriores. O palco será ampliado. Além dos camarins localizados no piso 0, serão construídos novos camarins ao nível do piso menos 1, de forma a criar condições para diversos tipos de espetáculos que não eram possíveis de se realizar. As escadas de acesso à teia serão reconstruídas e irá ser instalado um monta-cargas de apoio ao palco. A plateia será remodelada e terá um novo perfil de inclinação, cadeiras novas e com lugares reservados para pessoas com mobilidade reduzida.

O sistema climatização da sala (AVAC) passará a ser feito pelo pavimento, de modo a ter uma melhor rentabilidade e melhor conforto aos utentes do espaço e incluirá tratamento acústico das paredes e restauro do teto falso. A zona da cafetaria será remodelada e reequipada, incluindo a criação de zona de esplanada no espaço exterior. A régie, sendo fundamental para o controle da qualidade do som da sala, irá ser instalada no piso 2, trazendo a bancada de controlo de som para dentro do auditório, de modo a reunir as melhores condições técnicas. No piso 1, para além do 1º balcão, será criada uma sala polivalente com 140 lugares. O edifício será iluminado no seu exterior por projetores previstos desde sempre, mas nunca antes postos em funcionamento.

(Imagem CMA)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Fill out this field
Fill out this field
Por favor insira um endereço de email válido.
You need to agree with the terms to proceed

Categoria(s):
CulturaDESTAQUE
Menu