1. Início
  2. Cultura
  3. Município de Abrantes aprova voto de pesar pelo falecimento de José Diniz

Município de Abrantes aprova voto de pesar pelo falecimento de José Diniz

A Câmara de Abrantes aprovou esta terça-feira, dia 26 de janeiro, um voto de pesar pelo falecimento de José Diniz, figura incontornável da sociedade abrantina, homem da cultura, figura carismática que foi dinamizador da biblioteca itinerante da Fundação Calouste Gulbenkian durante mais de 30 anos, na segunda metade do século XX.

O voto de pesar pode ser lido de seguida:

VOTO DE PESAR PELO FALECIMENTO DE JOSÉ JOAQUIM CÉSAR DA CRUZ DINIZ

“José Joaquim César da Cruz Diniz, nasceu na freguesia de S. João, em Abrantes, em 17 de setembro de 1933 e faleceu a 11 de janeiro de 2021, em Coimbra, com 87 anos.Apesar de herança paterna lhe reservar um destino profissional como dentista, tornou-se figura marcante para a cultura e a para educação não-formal da região, na segunda metade do século XX, sobretudo devido à sua ação como encarregado de bibliotecas itinerantes da Fundação Calouste Gulbenkian, durante mais de 30 anos.

No exercício dessas funções trabalhou e conviveu com figuras máximas da intelectualidade portuguesa como Branquinho da Fonseca, António Quadros, Alexandre O’Neill ou Herberto Hélder. Começou a atividade em 1961, em Trás-os-Montes –concelhos de Mirandela e Carrazeda de Ansiães -onde o impacto da sua ação de promoção da leitura pôde ilustrar-se com episódios como o adiamento dum ofício religioso de casamento, para que antes os convidados fizessem as operações de empréstimo de livros, na sua biblioteca itinerante. Aí conheceu a leitora com quem viria a casar, num típico romance camiliano, como o próprio o descrevia.Para além do seu indiscutível contributo no combate à ditadura, na política e notecido associativo abrantino, foi o seu trabalho na Biblioteca Itinerante nº 32, a partir de 1963, que o tornou uma figura de referência nos concelhos de Abrantes, Sardoal, Mação, Vila de Rei, Ponte de Sor, Gavião e, mais tarde, Constância, para sucessivas gerações de leitores. Alguns são hoje notáveis portugueses, como José Luís Peixoto, de Galveias (Ponte de Sor) e nascido em Abrantes, que afirma ser escritor devido à sua influência.

José Dinizera muito culto e circunspecto, conhecia bem os seus leitores e sabia lançar a semente da curiosidade, adequando cada livro recomendado às necessidades e capacidades de cada um, incluindo a escassa minoria a quem sugeria um dos livros com fita vermelha cruzada na diagonal, não aconselháveis a leitores subversivos.

No exercício dessa função, iniciada antes da eletricidade e a televisão se terem vulgarizado pelos lugares mais remotos, a sua ação de facilitação e aconselhamento da leitura foi um gérmen de democratização, pelo acesso ao conhecimento do mundo, num Portugal fechado, conservador e atrasado, sob o domínio da ditadura.

Para gerações de leitores, a carrinha da Gulbenkian era um mundo de possibilidades, através dos livros, de conhecer o melhor das criações humanas nos domínios da cultura, artes e ciências. E José Dinis era o mediador que os orientava nessa descoberta. Sobretudo para as crianças, para muitas das mulheres e dos homens de hoje em Abrantes, José Diniz representava uma “biblioteca ambulante”, o modelo do sábio, mas também do mágico, aquele que lhes estimulava a curiosidade e a imaginação, lhes ampliava o mundo e ajudava a construir a confiança e autoestima decisivas para a construção de uma sociedade mais informada, mais inclusiva e mais democrática.

À sua família, a Câmara Municipal de Abrantes expressa sentidas condolências e homenageia a figura ímpar, um leitor livre e um Homem que sempre soube honrar a sua cidade e cultivar as suas gentes.

Pelo seu percurso cidadão e pelo exemplo de vida dedicada à celebração da cultura e à promoção da leitura, propõe a Câmara Municipal de Abrantes que se aprove um Voto de Pesar pelo falecimento do Sr. José Diniz”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Fill out this field
Fill out this field
Por favor insira um endereço de email válido.
You need to agree with the terms to proceed

Categoria(s):
CulturaDESTAQUE
Menu