1. Início
  2. DESTAQUE
  3. Município de Abrantes aprova Orçamento de 39,5 milhões de euros para 2021

Município de Abrantes aprova Orçamento de 39,5 milhões de euros para 2021

As Grandes Opções do Plano para 2021 e respetivo Orçamento, foram aprovadas pela maioria dos eleitos do PS, com a abstenção do eleito pelo PSD e o voto contra do eleito do BE, na reunião do Executivo Municipal realizada no dia 27 de novembro, seguindo agora para discussão e votação final na Assembleia Municipal

Com um orçamento de 39.415.000€, apresenta um crescimento global de cerca de 7% (2.692.828,00€), face ao orçamento do ano anterior, justificado na maior parte pela assunção de novas competências no âmbito da educação, assumidas em meados deste ano. Em 2021, serão também assumidas as competências na área da Saúde.Do essencial do documento que vai orientar a atividade municipal no ano de 2021, destacamos a continuação de investimentos financiados por fundos comunitários, mas também um conjunto de outros investimentos suportados exclusivamente pelo orçamento municipal, fundamentais para a coesão territorial, como a manutenção de várias infraestruturas (arruamentos e rede viária) e equipamentos de desporto e de cultura, modernização administrativa e gestão inteligente do território.

Em termos de investimento programado, e em curso, o orçamento para 2021 apresenta cerca de 14 milhões de euros, que englobam diversos projetos estruturais para o desenvolvimento do concelho, dos quais se destacam, pelo volume de investimento programado, o Centro Escolar de Abrantes, o Museu de Arte Contemporânea Charters D’Almeida, a Escola Octávio Duarte Ferreira, em Tramagal, o Museu Ibérico de Arqueologia e Arte (equipamentos), o projeto de Reparação dos danos em infraestruturas e equipamentos municipais provocados pela depressão “Elsa”, intervenções no âmbito da Gestão Florestal, intervenção no Aquapolis Sul (infraestruturas elétricas), intervenções na Praia Fluvial de Aldeia do Mato, repavimentação da Avenida do Paiol com construção de rotunda na zona do Hospital, iluminação da Av. Aljubarrota – na entrada principal da cidade, projetos aprovados no âmbito das edições do Orçamento Participativo.Este exercício ficará também marcado pela inclusão de orçamento disponível para início de projetos como a requalificação do Cine-Teatro São Pedro e o lançamento do processo de transformação do antigo Mercado Diário num Multiusos.

(Imagem CMA)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Fill out this field
Fill out this field
Por favor insira um endereço de email válido.
You need to agree with the terms to proceed

Categoria(s):
DESTAQUEPolítica
Menu